Shopping

contato@futebolamadorpr.com.br
(41) 9667.0978

Links Úteis

Enquete

Newsletter

Cadastre-se e receba em seu email notícias exclusivas

Notícias - Após 40 anos de espera, Palmeiras conquista o título em Ponta Grossa

Quarta-feira, 20 de Dezembro de 2017 às 18:39:27

Após 40 anos de espera o torcedor do Palmeiras (não o original time paulista que disputa o profissional) comemorou um título, mais precisamente o do Campeonato Amador Pontagrossense.

 

No domingo (17), jogando no Estádio da Batavo em Carambeí, contra o homônimo scratch da casa, o time alviverde superou as adversidades e venceu por 3x2. No jogo de ida, houve empate por 0x0. A equipe palmeirense abiu 2x0 com Luan e Matusca, mas depois acabou cedendo a igualdade.

 

A grande vitória veio nos pés de Reinaldinho, considerado o “Neymar dos Campos Gerais”, após belíssima jogada em que entortou o zagueiro adversário por três vezes e emendou um balaço estufando as redes. Com um detalhe: o gol aos 46 minutos do 2º tempo.

 

Não deu tempo para a agremiação carambiense reagir, e a festa se estendeu ali do gramado ao lado da famosa fábrica de laticínios para a Vila São José em Ponta Grossa.

 

O Palmeiras venceu com Guilherme, PH (Paulista), Jhow, Nathan e John, Anderson, Valtencir, Léo e Gilsinho (Reinaldinho), Matuska e Luan – Técnico: João Castilho -  Preparador Físico: Renato - Auxiliar técnico: Augusto – Massagista: Zé Carioca - Diretor: Careca.

 

 

CASTILHO PAPA TÍTULOS

Em 16 campeonatos disputados na cidade de Ponta Grossa é décima quarta vez que Castilho conquista título. Apenas em duas oportunidades foi vice-campeão. Só neste ano foram duas conquistas, pela categoria adulta com o Palmeiras e Máster com o UCA.

 

Indagado sobre o fato de ser um verdadeiro “papa títulos” Castilho manteve a modéstia, apenas frisou que trabalha com muito afinco e profissionalismo ao lado de pessoas competentes: -“Eu tenho conquistado muitos títulos aqui em Ponta Grossa, mas devo frisar que não ganho nada sozinho. Para isso, preciso ter bons jogadores, uma diretoria atuante, além de uma comissão técnica competente, sem isso não se consegue nada.”

 

Sobre trabalhar fora de PG Castilho foi enfático: -“Quero trabalhar em Curitiba, que tem o melhor futebol amador do Paraná, não imposta se na Série A ou B, mas quero poder ter essa oportunidade.”


    Todos os direitos reservados - Futebol Amador PR - CGDW